NOTA PÚBLICA

A Associação Brasileira dos Advogados vem prestar solidariedade ao Supremo Tribunal Federal, vítima de injúria em comentários feitos por passageiro de avião.

A liberdade de expressão não inclui o direito de praticar crimes contra a honra, como a injúria, na qual se faz a adjetivação negativa acerca de uma instituição.

O STF possui inegáveis serviços prestados ao País e sua atuação não pode ser objeto deste tipo de aleivosias.

Esdras Dantas de Souza, Presidente da Associação Brasileira de Advogados

COMPARTILHAR