Presidente da ABA participa da II Conferência Nacional da Jovem Advocacia.

O presidente da ABA – Associação Brasileira de Advogados, Esdras Dantas, participou, nesta quinta e sexta-feiras, (22 e 23/3/2018), da II Conferência Nacional da Jovem Advocacia, realizada em Natal, no Rio Grande do Norte,como convidado do presidente do Conselho Federal da OAB, Cláudio Lamachia.

Esdras presidiu o 8º Painel do evento, que debateu os “Desafios e Persperticas da Jovem Advocacia”, que contou, como palestrantes, com os advogados Juliano Costa Couto, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Distrito Federal; Pierpaolo Bottini, advogado criminalista e professor da Universidade de São Paulo e Jarbas Antonio de Biagi, presidente da Banesprev – Fundo Banespa de Seguridade Social.  O advogado Tiago Santana, presidente da OAB JOVEM da Seccional do Distrito Federal atuou como Relator do Painel e a advogada Eliane Dias, presidente da OAB JOVEM do Amapá como Secretária do Painel.

O evento foi aberto pelo presidente do Conselho Federal da OAB, Cláudio Lamachia, dizendo que “Nunca imaginei presidir a OAB Nacional em um momento de desafios tão complexos. Temos sido chamados todos os dias para os mais variados debates no contexto nacional. E a Ordem tem tido papel fundamental na defesa da Constituição, ao dizer que precisamos sim combater de forma intransigente essa crise ética e moral que o país vive, mas estritamente dentro dos termos da lei. Sabiamente, Rui Barbosa dizia que fora da lei não há salvação”, iniciou Lamachia.

Ele comparou os tempos atuais com os vividos na época da ditadura. “Ouso dizer que esta quadra é mais séria ainda, pois faz com que o tecido social brasileiro esteja absolutamente dividido”, observou.

Lamachia ressaltou o papel da jovem advocacia neste contexto. “Muitos afirmam que o futuro depende dos jovens do presente. Vou além: é o próprio presente que depende dos jovens advogados. E é por isso que temos noção de que o fim da cláusula de barreira no âmbito da nossa instituição é uma luta legítima das advogadas e advogados que estão começando sua carreira. Por isso reitero aqui o compromisso de termos cada vez mais a jovem advocacia no seio da nossa instituição. E fundamental inclusive num momento de transformação como esse”, continuou.

O presidente lembrou também os constantes desrespeitos que têm atingido o exercício profissional da advocacia em todo o país. “Priorizamos a defesa das prerrogativas, que tem sua maior expressão nas Caravanas que, literalmente, rodam o país inteiro. Cuidamos das nossas bandeiras institucionais sem nos descuidarmos das causas da sociedade. Temos um compromisso inarredável com a defesa do Estado Democrático de Direito, dos direitos humanos e das garantias fundamentais”, disse.

participaram do evento, o presidente da Associação Brasileira de Advogados, Esdras Dantas; o diretor-tesoureiro da OAB Nacional, Antonio Oneildo Ferreira; o ex-presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtrado Coelho, presidente de honra da ABA; os Ministros do Tribunal Superior Eleitoral Tarcísio Vieira de Carvalho e Sérgio Banhos;  jurista Érick Pereira; os Medalhas Rui Barbosa Cléa Carpi da Rocha e Paulo Roberto Medina; o presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia, Jarbas Vasconcelos; o coordenador nacional das Caixas de Assistência (Concad), Ricardo Peres; o presidente do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa), Carlos José Santos da Silva; o presidente da OAB-PB, Paulo Maia; o presidente da Comissão da Jovem Advocacia da OAB-RS, Antônio Zanetti; o presidente da CAA-RN, Tiago Galvão Simonetti; os conselheiros federais pelo Rio Grande do Norte Sérgio Freire, Paulo Teixeira, André Saraiva e Aurino Giacomeli; os representantes da Jovem Advocacia da região Sul, Juliana Carta; do Norte, Afonso Furtado; do Sudeste, Leandro Nava; do Centro-Oeste, Janaína Pozzo; de Rodrigo Ferraz, ouvidor-geral municipal de Natal; do desembargador Wladimir Capistrano, do TRE-RN; da corregedora-geral do Rio Grande do Norte, Érika Karina Patrício de Souza; e o diretor do Foro de Natal, Marco Bruno Miranda.

A II Conferência Nacional da Jovem Advocacia teve 1.200 inscritos, 105 deles membros da ABA

 

COMPARTILHAR